Inovadores com Menos de 35 Anos Brasil A edição em português da MIT Technology Review escolhe aos 10 inovadores com menos de 35 anos

Mateus Mendonça, 34

Criou um sistema para rastrear e organizar a cadeia do lixo usando a tecnologia

New Hope Ecotech

Mateus Mendonça.Créditos: Oscar Fergutz

A legislação brasileira de Resíduos Sólidos obriga empresas fabricantes de bens de consumo a investir na cadeia de logística reversa, o ônus é do fabricante que gera o resíduo. Porém, na ponta desta cadeia estão milhares de catadores, que trabalham informalmente na coleta de resíduos, e são os responsáveis pela grande parte da reciclagem realizada no país.

Como unir as duas pontas da logística reversa? Como dar transparência ao processo e tornar este mercado mais inclusivo e formal para os catadores? Baseando-se no conceito de compensação americano e sistemas como os de emissão de certificados ambientais e créditos de carbono, Mateus Mendonça e seus sócios na startup New Hope Ecotech, com o apoio da Kellogg School of Management, criaram um modelo para a emissão de títulos ambientais negociáveis.

“Comprovamos que comprar este título é mais barato do que pagar a multa por não investir na logística de cadeia reversa, além de gerar ganho para toda a cadeia”, afirma Mateus Mendonça. “Tratamos um tema ambiental com uma estratégia de negócios para promover a inclusão social”, completa.

Os certificados ambientais resolvem as obrigações de reciclagem dos fabricantes, aumentam as taxas de reciclagem global e geram renda com volatilidade reduzida para os catadores de resíduos.Porém, para poder emitir estes papéis é necessário primeiro parametrizar e organizar o mercado, rastreando as pessoas e empresas participantes do processo.

“Na Inglaterra por exemplo quando este certificado é vendido, 48% dele é pago pelo varejo. No Brasil, as empresas têm que investir um X na cadeia de logística reversa, mas ninguém sabe quais são os parâmetros porque não se consegue medir o que voltou e o quanto voltou. Então queremos criar um modelo mais transparente, inclusivo e definido. O quanto você polui e com o que, a partir disto definimos quanto você tem que pagar. Então geramos o certificado com base no que de fato voltou”, explica Mateus. 

Com este objetivo criaram três produtos, usando a tecnologia.

O primeiro deles é o aplicativo para o consumidor e as empresas chamarem a coleta seletiva. Há três opções de transação: pagar para que alguém retire os resíduos, doar ou vender.  Desta maneira é possível formalizar e estruturar o mercado, recolhendo informação de volume e quantidade de quem forneceu.

O outro é a Rede Ciclo, uma plataforma gratuita de gestão online para recicladores (cooperativas e ferros-velhos). O software armazena na nuvem os dados sobre o volume de resíduos recebido e processado, dados sobre fornecedores, e ainda despesas e receitas. 

O terceiro produto é um serviço de indicadores de resultados para empresas que investem em cooperativas de reciclagem. O sistema é uma plataforma de monitoramento de indicadores online, em tempo real. Ele possibilita que as empresas que investem em cooperativas possam monitorar o resultado.

A estratégia destes três produtos é conseguir fazer com que os volumes sejam medidos em cada etapa para conhecer a quantidade transacionada pelos diferentes players no ciclo de logística reversa, ou seja saber o seu lastro, fundamental para poder gerar o certificado. “Para criar este sistema é necessário implantar inúmeras inovações com o objetivo de solucionar as diversas complicações e agentes envolvidos. Um projeto maravilhoso”, afirma Guillermo de Haro, professor de diversas escolas de negócios na Europa como a IE Business School, em Madri. -Ricardo Meyer

Ganhadores do Inovadores com menos de 35 anos Brasil

Diego Aranha

Criou uma plataforma para que a sociedade fiscalize o resultado das eleições

Danielle Brants

Ela desenvolveu um jornal digital que traduz as notícias para a linguagem infantil

Marcelo Cicconet

Desenvolveu um aplicativo para facilitar o aprendizado da música e um novo instrumento musical

Tallis Gomes

Desenvolveu um aplicativo de táxi que revolucionou a mobilidade urbana

Anielle Guedes

Ela criou uma startup que vai usar impressão 3D para construir moradias de baixo custo

Mateus Mendonça

Criou um sistema para rastrear e organizar a cadeia do lixo usando a tecnologia

Fabio Piva

Criou uma nova tecnologia para o comercio móvel que permite às lojas físicas eliminarem as filas

Ronaldo Tenório

Criou uma plataforma de tradução para a linguagem de libras

Para deixar seu comentário, por favor, regístrate ou efetue seu login

Esqueceu sua senha?

Publicidade
Publicidade
Publicidade