Energia

Deveriam os ricasoos salvar a pesquisa climática de Trump?

Se o presidente eleito cortar investimento em ciências climáticas e pesquisa de energia limpa, bilionários podem intervir.

  • Segunda-feira, 19 de dezembro de 2016
  • Por Jamie Condliffe
  • Tradução por Elisa Matte (Opinno)

A julgar pelas declarações feitas pela equipe de transição do presidente eleito Donald Trump e pela crescente lista de candidatos a cargos-chave em sua administração, o futuro da ciência ambiental e da pesquisa de energia limpa está tremendo. A questão é, mesmo que os bilionários amigos do clima da América possam preencher a lacuna, eles deveriam?

Trump tem seus olhos em desfiar a Agência de Proteção Ambiental e acabar com o Clean Power Plan. Também foi sugerido que ele poderia cortar o financiamento da pesquisa climática da NASA. Os pesquisadores têm feito backup de dados em meio a temores de que eles possam desaparecer. E se Rick Perry se tornar o chefe do Departamento de Energia, a pesquisa sobre novas soluções energéticas não será liderada pela preocupação com o clima.

Tudo isso deixa alguns cientistas se perguntando quem poderia ajudá-los a monitorar o impacto da humanidade no planeta.

Na reunião da União Geofísica Americana em San Francisco na quinta-feira, Marcia McNutt, presidente da Academia Nacional de Ciências, disse que os doadores privados podem pagar a conta para o financiamento da ciência do clima. De acordo com Buzzfeed, McNutt diz que ela falou com pessoas que poderiam levantar bilhões de dólares para ajudar a causa.

A notícia segue o anúncio esta semana do fundo Breakthrough Energy Ventures, que dedica US$ 1 bilhão nos próximos 20 anos para financiar ideias de energia consideradas muito arriscadas por empresas regulares de capital de risco. É financiado por mais de 20 bilionários, entre eles Jeff Bezos da Amazon, Jack Ma da Alibaba e Richard Branson da Virgin.

O problema, é claro, é que ao oferecer pagar pela ciência climática e pela pesquisa energética, os bilionários podem simplesmente assinalar que o financiamento privado será suficiente - uma noção que Trump pode estar feliz em comprar. Esse não é o caso. O governo desempenha um papel crucial no financiamento da pesquisa básica, e isso deve continuar.

McNutt parece estar pensando nas mesmas linhas. Embora ela possa estar tentando alinhar possíveis fontes de financiamento, sua mensagem para eles é, aparentemente, "adiar". Ela diz que não quer que ninguém dê a Trump e ao Congresso a desculpa para cortar o financiamento da ciência climática.

Felizmente, a maioria dos bilionários é provavelmente muito bom em segurar seus nervos. Por uma questão de manter o investimento do governo dos EUA no planeta, eles podem ter que.

(Leia mais: Buzzfeed, “Bill Gates’s $1 Billion Fund Will Back Radical Clean Energy Ideas”, “Trump’s Empty Promise to Coal Country”, “Trump’s Impact on Clean-Energy Businesses”)

Para deixar seu comentário, por favor, regístrate ou efetue seu login

Esqueceu sua senha?

Publicidade

Vídeo

Inovadores com menos de 35 anos Brasil

Mais Vídeos

Informes Especiais

Uma Cura para os Gastos com Saúde

Os gastos com a saúde estão fora de controle. E a inovação em medicamentos, testes e tratamentos é o motivo. Mas e se a tecnologia pudesse ser uma forma de poupar dinheiro ao invés de gastá-lo?

Ganhando Com Dispositivos Móveis

Publicidade
Publicidade