Negócios

SpaceX Reivindica Sucesso Parcial Pouso de Foguete

Sucesso iria redefinir a economia das viagens espaciais, mas o foguete reutilizável da SpaceX mostra que ainda é difícil de realizar um pouso seguro.

  • terça-feira, 13 de janeiro de 2015
  • Por Dave Majumdar
  • Tradução por Elisa Matte (OPINNO)

Imagem: Foguete Falcon 9 lançado do Cabo Canaveral, Florida, transportando uma carga destinada para a Estação Espacial Internacional.

Como se lançar um foguete no espaço não bastasse, no sábado SpaceX tentou trazer um de volta à Terra com segurança, pousando-o sobre uma base flutuante.

O esforço falhou, e o foguete colidiu com seu alvo. Mesmo assim, Elon Musk, o bilionário fundador da SpaceX, afirmou que a tentativa traz a empresa um passo mais para perto de desenvolver um veículo totalmente reutilizável, algo que pode revolucionar a indústria espacial, tornando os lançamentos muito mais baratos.

O foguete Falcon 9 decolou com sucesso na manhã de sábado, enviando uma cápsula para reabastecer a Estação Espacial Internacional. A primeira fase do veículo foi feita para retornar para o solo - neste caso um navio bastante modificado no mar - e pousar suavemente usando propulsores especiais.

Musk anunciou a falha do pouso no Twitter. "O foguete chegou ao navio, mas caiu com força", disse ele. "Foi perto, mas sem comemoração desta vez. No entanto, é um bom sinal para o futuro".

Alguns equipamentos no navio “pista de pouso” foram danificados como resultado do pouso forçado. "O navio em si está bem", escreveu Musk. "Parte do equipamento de suporte da plataforma terá de ser substituído".

Não está claro como a falha pode afetar o cronograma de desenvolvimento do SpaceX. Antes da tentativa de aterragem, Musk disse que havia uma chance de 50% de sucesso.

Depois de lançar a segunda fase, os propulsores da primeira etapa do Falcon 9 guiaram o foguete de 14 andares de altura na vertical à medida que ele fazia seu caminho de volta à terra e controlaram sua descida. Conseguir pousar é complicado porque a velocidade do foguete deve ser cuidadosamente controlada e a orientação correta requer um controle muito preciso dos propulsores do veículo, bem como de diversas aletas hidráulicas.

Retornar um veículo ao solo desta forma não é uma ideia nova. Os foguete russo Soyuz aterrissa sua cápsula espacial na Terra usando foguetes, da mesma forma como muitos veículos de exploração espacial aterrizam em outros corpos celestes. No entanto, continua a ser um feito de engenharia extremamente difícil, especialmente com um objeto tão grande.

Musk colocou a culpa do pouso forçado em uma falha em uma das quatro barbatanas utilizados para orientar a primeira fase de sua descida. "As barbatanas funcionaram muito bem da velocidade hipersônica para subsônico, mas ficou sem fluido hidráulico bem antes do pouso", escreveu ele em outro tweet.

É por isso que as tentativas anteriores de propulsores reutilizáveis tomaram a forma de aviões espaciais como o ônibus espacial ou o semi-secreto X-37 da Força Aérea Americana. Estes veículos são muito complexos e caros. Alguns foguetes foram feitos para ser recuperados através de pára-quedas. Enquanto isso é barato e confiável, também demora para recuperar e recondicionar o foguete para outro lançamento.

Um lançamento de Falcon normal, custa cerca de US$ 65 a 70 milhões - que já é cerca de metade dos custos de serviços concorrentes - mas esse preço pode cair para US$30 a 40 milhões, estima Caceres, se o SpaceX aprender a pousar o veículo de lançamento.

Quantas vezes o Falcon 9 poderia ser reutilizado não se sabe. É altamente improvável que um Falcon 9 possa ser reutilizado 10 vezes ou mais.

Principalmente se o SpaceX quisesse fazer um veículo de lançamento totalmente reutilizável. Por enquanto, só o primeiro estágio do foguete Falcon 9 é feito para ser reutilizável. SpaceX espera, um dia, desenvolver um propulsor de segundo estágio reutilizável também.

Para deixar seu comentário, por favor, regístrate ou efetue seu login

Esqueceu sua senha?

Publicidade

Vídeo

Inovadores com menos de 35 anos Brasil

Mais Vídeos

Informes Especiais

Uma Cura para os Gastos com Saúde

Os gastos com a saúde estão fora de controle. E a inovação em medicamentos, testes e tratamentos é o motivo. Mas e se a tecnologia pudesse ser uma forma de poupar dinheiro ao invés de gastá-lo?

Ganhando Com Dispositivos Móveis

Publicidade
Publicidade