Informática

O Aplicativo da Fidelity para o Oculus Lhe Permite Voar Sobre seus investimentos

A gigante dos investimentos Fidelity nos dá uma idéia de como a realidade virtual poderá ser utilizada para mais do que jogos.

  • Sexta-feira, 21 de novembro de 2014
  • Por David Talbot
  • Tradução por Elisa Matte (Opinno)


Imagem: A cor no topo dos edifícios indica se o preço de uma ação aumentou ou diminuiu.

Apostando na possibilidade de os imensos óculos da Oculus Rift um dia se tornarem úteis para mais do que jogos, Fidelity Investments emulou uma forma de você usar os desajeitados óculos para voar sobre seu dinheiro.

No protótipo de ambiente virtual da Fidelity - que a empresa diz ser o primeiro aplicativo de serviços financeiros escrito para Oculus - ações são representadas por torres de escritório agrupadas em "bairros". As pegadas dos edifícios são moldadas pelos volumes de negociação e seus telhados são vermelhos ou verdes dependendo de alterações no preço.

Fidelity não está afirmando ter resolvido quaisquer dos problemas reais do aplicativo. Mas com dois trilhões de dólares sob sua gestão, ela quer se antecipar ao funcionamento de novas interfaces. "Nós temos uma hipótese de que a realidade virtual vai decolar no mundo dos consumidores nos próximos três a cinco anos, assim, portanto, queremos entender a tecnologia", diz Hadley Stern, vice-presidente da Fidelity Labs, um departamento dedicado a pesquisa da sociedade. "Queremos receber seus comentários sobre isso e começar a pensar: como é que os negociadores ativos e outros investidores usam mundos virtuais para compreender os dados".

A empresa está lançando o aplicativo, chamado StockCity, em uma feira para quem atua no mercado de ações que ocorrerá em Las Vegas esta semana.

Oculus, comprada pelo Facebook no início deste ano por US$ 2 bilhões (veja "10 Breakthrough Technologies: Oculus Rift"), permite que usuários habitem mundos em 3D. Os movimentos de sua cabeça se traduzem em diferentes vistas das cenas. Stern diz que é possível que uma visualização com o Oculus ajudaria os comerciantes a tomar decisões ou ver oportunidades com base em preços ou flutuações comerciais.

Dentro do protótipo de aplicativo para Oculus da Fidelity, edifícios mudam de altura e forma de acordo com as ações representadas e os volumes de negociação.

No protótipo Fidelity, existem algumas outras metáforas pesadas: quando o mercado está aberto, parece ser dia na cidade virtual; quando o mercado está fechado, é noite. Sol ou chuva indicam a direção geral do mercado. Sem informações ainda sobre que tipo de clima teria sido utilizado durante a última crise financeira, mas Stern brincou: "Tornados?"

Uma experiência inicial não foi tão emocionante. Vestindo os óculos pesados e me sentimento um pouco desorientado, eu esperava voar através dos meus próprios 401 (mil) e ter uma noção de quão ruim minhas várias decisões tinham sido ao longo dos anos.

Mas, por enquanto, a Fidelity não está deixando ninguém acessar contas reais até que resolva os protocolos de segurança e autenticação de usuário para usuários dos óculos. Então tudo que eu pude fazer foi voar sobre um centro genérico retratando a movimentação de várias ações blue-chip.

A empresa tem feito experiências semelhantes com o Google Glass e o relógio inteligente Pebble. Se o aplicativo um dia decolar, diz Stern, o tráfego nas ruas virtuais poderia representar a atividade comercial, ou pássaros azuis voando em torno dos edifícios poderiam indicar conversas em mídia social.

Para deixar seu comentário, por favor, regístrate ou efetue seu login

Esqueceu sua senha?

Publicidade

Vídeo

Inovadores com menos de 35 anos Brasil

Mais Vídeos

Informes Especiais

Uma Cura para os Gastos com Saúde

Os gastos com a saúde estão fora de controle. E a inovação em medicamentos, testes e tratamentos é o motivo. Mas e se a tecnologia pudesse ser uma forma de poupar dinheiro ao invés de gastá-lo?

Ganhando Com Dispositivos Móveis

Publicidade
Publicidade