Informática

Os Recursos Mais Extravagantes do Amazon Fire Não Chegam a Impressionar

O Amazon Fire Phone se esforça para impressionar, mas muitas vezes acaba sendo apenas irritante.

  • Quinta-feira, 07 de agosto de 2014
  • Por Suzanne Jacobs
  • Tradução por Elisa Matte (Opinno)


Imagem: Casca Grossa: O Amazon Fire pode reconhecer muitos objetos, mas muitas vezes relaciona essa informação com uma oferta para comprar o mesmo objeto ou algo parecido.

O Amazon Fire é um bom smartphone, mas não devido a todos novos recursos oriundos de tecnologias de ponta dos quais a Amazon tem se gabado. Na verdade, alguns desses recursos são mais chatos do que verdadeiramente úteis.

O Fire Phone tem tudo o que você realmente precisa: acesso rápido à Internet, uma câmera de alta qualidade, bons mapas e inúmeros aplicativos, disponíveis através loja de aplicativos própria da Amazon. Mas a Amazon optou por destacar várias características mais incomuns em sua campanha de marketing - a tela com "perspectiva dinâmica", o Firefly e o serviço de suporte chamado Mayday. Infelizmente, essas coisas não me impressionam tanto.

Os novos truques certamente parecem fazer o Fire se destacar, pelo menos no início. A perspectiva dinâmica, por exemplo, é muito legal. Utilizando sensores em cada um dos quatro cantos do aparelho e do lado da tela do telefone, o dispositivo pode detectar como está se movendo em relação ao seu rosto e usar essa informação para criar um efeito 3D na tela. Este recurso foi levemente popular entre meus amigos, mas, além de suscitar algumas expressões de surpresa, não acrescentou muito.

O serviço de suporte chamado Mayday é uma outra característica única, e que poderia ser grande, especialmente para iniciantes, mas ainda não está lá. Se você tem uma pergunta sobre o seu telefone, é só apertar o ícone Mayday no visor, e em poucos segundos, você é vídeo conversando com alguém de help desk da Amazon (que você vê a pessoa, mas ele ou ela vê apenas a tela do seu telefone). Se necessário, o representante da Amazon pode assumir o controle de seu telefone e orientá-lo sobre tudo o que você precisar.

Infelizmente, as duas vezes que eu usei o serviço - uma vez para perguntar como para mostrar a hora na minha tela inicial e uma vez para perguntar por que eu recebi uma mensagem de erro quando tentei tirar uma foto panorâmica - os representantes precisaram encontrar a resposta. No primeiro caso, um homem tomou controle do meu telefone e brincou com ele, até descobrir como alterar a tela (eu poderia ter feito isso). No segundo caso, uma mulher teve que me pedir para esperar enquanto fazia uma pesquisa.

O Mayday ainda é um incremento muito bem-vindo, se não por qualquer outro motivo, então só porque é legal ter outras pessoas à disposição para te ajudar a resolver um problema, mesmo que não tenham uma resposta de imediato. Em um mundo de serviços ao cliente automatizados, falar com um ser humano é algo diferente.

E, finalmente, o recurso Firefly. Este é tanto impressionante quanto desanimador. É impressionante, porque você pode apontar o telefone para praticamente qualquer objeto e, na maioria das vezes, ele vai reconhecer o que é. O Firefly não funciona em tudo, mas reconheceu a última edição da MIT Technology Review sobre a mesa, e um monte de outros objetos como uma lata de abóbora e uma caixa de grampos. Ele também consegue reconhecer música, bem como programas de TV e filmes, caso você queira comprar algo que só pegou de relance.

Firefly é desanimador porque não parece muito mais do que uma forma de levar as pessoas a comprar mais produtos na Amazon. Sempre que o Firefly reconhece um objeto, a primeira coisa que ele pergunta é se você quer comprá-lo. Mesmo quando o objeto não é realmente um produto, a Amazon o transforma em um. Por exemplo, quando meus colegas e eu estávamos usando o Firefly em tudo que havia em nossa cozinha, o logotipo da Sam Adams presente em um de nossos copos de cerveja se transformou em uma placa de metal da Samuel Adams Boston Lager com preços a partir de US$ 20,50 e a imagem de Bill Clinton que meu colega de quarto abriu em seu iPhone transformou-se no CD do Discurso sobre o Estado da União de 2000, a partir de US$ 10,99.

Com todas suas novas capacidades, o Amazon Fire Phone só serve para ilustrar a indústria de smartphones como um todo. Com fabricantes de dispositivos se esforçando tanto para se destacar, que até os recursos mais tecnologicamente impressionantes podem começar a parecer que estão se esforçando demais.

Para deixar seu comentário, por favor, regístrate ou efetue seu login

Esqueceu sua senha?

Publicidade

Vídeo

Inovadores com menos de 35 anos Brasil

Mais Vídeos

Informes Especiais

Uma Cura para os Gastos com Saúde

Os gastos com a saúde estão fora de controle. E a inovação em medicamentos, testes e tratamentos é o motivo. Mas e se a tecnologia pudesse ser uma forma de poupar dinheiro ao invés de gastá-lo?

Ganhando Com Dispositivos Móveis

Publicidade
Publicidade