Blog dos Editores TR

Um esforço de bilhões de dolares para tornar a inteligência artificial mais educada

Uma nova ONG visa criar inteligência artificial que "beneficia a humanidade"

Will Knight 27/01/2016

Apesar de toda a comoção sobre os potenciais perigos de uma inteligência artificial super-inteligente, houve pouco esforço prático para resolver a questão. Agora, alguns empreendedores importantes criaram uma organização sem fins lucrativos de bilhões de dólares, chamada OpenAI, que vai se dedicar à construção de uma inteligência artificial que não vai deixar os seres humanos por trás. Veja como o site para OpenAI descreve o esforço:

"Nosso objetivo é avançar inteligência digital da maneira que é mais provável para beneficiar a humanidade como um todo, sem nos deixar restringir pela necessidade de gerar retorno financeiro. [...] Nós acreditamos que a IA deve ser uma extensão das vontades humanas individuais e, no espírito da liberdade, da forma mais ampla e uniformemente distribuída possível com segurança".

O esforço tem o apoio de alguns dos principais empreendedores, incluindo Elon Musk, Sam Altman da Y Combinator, Reid Hoffman do LinkedIn e Peter Thiel. A OpenAI também inclui alguns engenheiros proeminentes, como Ilya Sutskever, super especialista em aprendizagem profunda no Google (e um dos nossos Inovadores do Ano para 2015).

O anúncio coincide com a maior conferência técnica focada em IA, a reunião Neural Information Processing Systems (NIPS), realizada em Montreal. Passei a semana lá, e notei que muitos pesquisadores de IA estão começando a pensar sobre as implicações a longo prazo da IA. Houve um simpósio dedicado às questões éticas - de desemprego à existência a longo prazo da raça humana.

No entanto, isso contrasta com a maior parte do conteúdo técnico da reunião, composto de novas abordagens matemáticas e algoritmos para melhorar os métodos mais recentes de aprendizado de máquina. Dificilmente o tipo de coisa que fará você se preocupar com o futuro da nossa espécie.

Sem dúvida, a IA tem feito alguns progressos espetaculares nos últimos anos, especialmente graças à aprendizagem profunda. Mas, embora este método tenha resultado em um progresso incrível em tarefas perceptivas, tais como reconhecimento de imagem e voz, parece provável que muito mais será necessário para alcançar níveis infantis de inteligência.

Ainda assim, com a aprendizagem de máquina se tornando cada vez mais parte integrante da vida cotidiana, não é um mau momento para falar sobre as implicações desta tecnologia. Certamente vai ser interessante ver como o esforço da OpenAI se desenvolve.

Para deixar seu comentário, por favor, regístrate ou efetue seu login

Esqueceu sua senha?

Publicidade

Vídeo

Inovadores com menos de 35 anos Brasil

Mais Vídeos

Informes Especiais

Uma Cura para os Gastos com Saúde

Os gastos com a saúde estão fora de controle. E a inovação em medicamentos, testes e tratamentos é o motivo. Mas e se a tecnologia pudesse ser uma forma de poupar dinheiro ao invés de gastá-lo?

Ganhando Com Dispositivos Móveis

Publicidade
Publicidade