arXiv blog

Twitter Firehose Revela Como Nova Iorque Dorme 3 Horas Mais Tarde aos Domingos

O fluxo de atividade geolocalizada do Twitter é um "microscópio social" que revela o batimento de uma cidade, dizem estudiosos da complexidade.

The Physics arXiv Blog 12/11/2014

Na canção tema do filme "New York, New York", Liza Minnelli descreve a famosa cidade de Nova Iorque como a cidade que nunca dorme. Agora, os dados do Twitter Firehose mostram como.

Urbano Franca e alguns colegas do New England Complex Systems Institute em Cambridge coletaram tweets geolocalizados da região em torno da cidade a cada hora entre agosto e dezembro de 2013. Eles, então, dividiram a região em 90.000 células e contaram o número de tweets produzidos em cada célula. Por fim, eles compararam a atividade por hora em cada célula contra sua média semanal.

Os resultados fornecem uma visão fascinante sobre o coração social da cidade. Franca e col. dizem que os dados mostram claramente o ciclo de sono do nova iorquino, seus trajetos urbanos e as áreas de atividade especialmente elevada, tais como aeroportos nas noites de sexta-feira.

O ciclo de atividade de um dia de semana é especialmente claro, refletindo períodos em que as pessoas têm mais tempo para twittar. No início da manhã, as pessoas tendem a twittar de suas casas nos subúrbios, esta atividade muda para Manhattan após a chegada ao trabalho e há picos na hora do almoço. A atividade nos subúrbios sobe novamente à noite até cerca de 22:00 e começa a diminuir à medida que as pessoas vão se deitar. A atividade em Manhattan continua durante toda a noite, enquanto o restante da cidade dorme.

Curiosamente, o ciclo de sono do final de semana é deslocado em cerca de três horas. Há significativamente mais atividade na noite de sábado e madrugada de domingo que é distribuída por todos os centros urbanos da cidade. O pico de atividade da manhã seguinte, então, ocorre às 10h, cerca de três horas mais tarde do que o habitual.

Tardes de domingo mostram um padrão único de atividade que é amplamente distribuído entre as comunidades residenciais e alguns locais específicos, como a Estátua da Liberdade. "Um pico de atividade é observado no Central Park durante o domingo que não é observado nos outros dias da semana", diz Franca e col.

Curiosamente, os dados também mostram como os indivíduos com taxas especialmente elevadas de atividade no Twitter podem dominar a atividade em seus bairros também.

A equipe produziu um vídeo dos resultados que mostra o fluxo e refluxo de tweets em Nova York e suas áreas residenciais durante a semana.

Isso é uma aplicação interessante dos dados do Twitter para revelar as dinâmicas sociais de uma das maiores cidades do mundo. Este tipo de visualização tem o potencial de ajudar os planejadores da cidade a entender melhor suas tarefas.

Pela primeira vez, esses planejadores têm um "microscópio social", que mostra a interação entre os moradores da cidade e o meio ambiente em que vivem em detalhe. Além de mudar a letra de músicas que falam sobre a cidade, outras formas de eles usarem essas informações ainda não estão claras; sugestões na seção de comentários, por favor.

Ref: arxiv.org/abs/1411.0722 Visualizing The "Heartbeat" Of A City With Tweets

Para deixar seu comentário, por favor, regístrate ou efetue seu login

Esqueceu sua senha?

Publicidade

Vídeo

Inovadores com menos de 35 anos Brasil

Mais Vídeos

Informes Especiais

Uma Cura para os Gastos com Saúde

Os gastos com a saúde estão fora de controle. E a inovação em medicamentos, testes e tratamentos é o motivo. Mas e se a tecnologia pudesse ser uma forma de poupar dinheiro ao invés de gastá-lo?

Ganhando Com Dispositivos Móveis

Publicidade
Publicidade